A Anvisa divulgou ontem, 26 de setembro, que, devido à detecção da impureza denominada N-nitrosodimetilamina (NDMA), serão suspensos a importação, o uso e a comercialização do insumo farmacêutico ranitidina, fabricado pela empresa Saraca Laboratories Limited, localizada na Índia.

A ação tem caráter cautelar e preventivo. Com a suspensão, o insumo farmacêutico ativo deste fabricante específico não poderá mais ser importado. 

Os pacientes que tiverem alguma dúvida sobre o tratamento atual podem falar com seu médico ou farmacêutico. Neste momento, não há recomendação de suspensão, mas existem outros medicamentos utilizados para as mesmas indicações que podem ser usados como alternativas terapêuticas.

Veja a publicação completa da Anvisa.

Fique por dentro
RECEBA INFORMAÇÕES ESTRATÉGICAS DO MERCADO MAGISTRAL

    Ao informar meus dados, eu concordo com a Política de Privacidade.