Conforme já divulgado anteriormente pela Anfarmag, devido à detecção da impureza N-nitrosodimetilamina (NDMA), potencialmente cancerígena, a Anvisa suspendeu a comercialização, distribuição, importação e uso do insumo cloridrato de ranitidina (todos os lotes):
Resolução RE nº 702, de 10 de março de 2020: (DOU nº 49, de 12/03/2020, Seção 1, página 210)

Acesse a Resolução RE nº 702/2020.

As medidas preventivas que a Anvisa adotou foram:

2. Empresa: Todas as empresas importadoras, distribuidoras, fracionadoras de insumos farmacêuticos e farmácias
Produto – Apresentação (Lote): CLORIDRATO DE RANITIDINA (TODOS OS LOTES SENDO COMERCIALIZADOS NO BRASIL);
Tipo de Produto: Insumo Farmacêutico
Expediente nº: 0712801/20-1
Assunto: 70351 – MEDIDA PREVENTIVA- Ações de Fiscalização em Vigilância Sanitária
Ações de fiscalização: Suspensão – Comercialização, Distribuição, Uso

Motivação: Possibilidade de formação da substância NDMA no insumo farmacêutico ativo cloridrato de ranitidina. A suspensão é válida para todos os lotes do IFA, independente do fabricante, até que sejam realizadas análises de controle de qualidade nos estoques disponíveis que indiquem que o NDMA está em níveis abaixo de 2,13 ppm. Os lotes que tiverem resultados abaixo desse limite podem ser liberados mediante análises periódicas do lote do IFA para garantir que os limites não sejam extrapolados com o passar do tempo.
 
Dúvidas? Converse com o Serviço de Atendimento ao Associado
• Telefone: 4003-9019
• E-mail: assessoriatecnica@anfarmag.org.br
• Área do Associado: www.anfarmag.org.br > Área do Associado > Cadastre sua dúvida
• Whatsapp: (11) 97554-0423

 

Fique por dentro
RECEBA INFORMAÇÕES ESTRATÉGICAS DO MERCADO MAGISTRAL

    Ao informar meus dados, eu concordo com a Política de Privacidade.