A utilização de hidroxipropilmetilcelulose (HPMC) como excipiente para a forma farmacêutica cápsula em preparações magistrais requer uma avaliação adequada de sua aplicação pelo farmacêutico, em função das características gerais da formulação, do(s) ativo(s) empregado(s) e das condições requeridas para liberação do(s) fármaco(s) constante(s) da fórmula. A HPMC é utilizada para várias funções, dependendo do contexto da formulação, entre as quais como agente de revestimento, formador de filme, matriz para liberação controlada, agente estabilizante, agente suspensor, aglutinante, agente de viscosidade. Também pode ser empregada na manufatura de cápsulas como adesivo, plastificante e agente umidificante. Na concentração de 2% a 5%, é empregada com a função de agente aglutinante tanto para via úmida como seca para comprimidos. Já em altas concentrações (10% a 80%), é empregada para a liberação retardada em comprimidos ou cápsulas. 

Fique por dentro
RECEBA INFORMAÇÕES ESTRATÉGICAS DO MERCADO MAGISTRAL

    Ao informar meus dados, eu concordo com a Política de Privacidade.