PRÊMIO

O Prêmio Paulo Queiroz Marques homenageia personalidades que contribuem com a farmácia magistral brasileira.

Essa iniciativa destaca personalidades engajadas nos principais segmentos do setor em ambientes públicos e privados.

A proposta é somar ações relacionadas à melhoria da saúde no País, além do aprimoramento dos serviços que envolvem todo o setor magistral.

SOBRE O PRÊMIO

O Prêmio Paulo Queiroz Marques foi criado, em 2011, pela Anfarmag (Associação Nacional de Farmacêuticos Magistrais), com o objetivo de homenagear personalidades que contribuem para a evolução do segmento magistral.

Desde a sua primeira edição, em 2012, a solenidade de premiação ocorre em Brasília (DF), reunindo centenas de presidentes de Conselhos de Farmácia, de Associações e Sindicados ligados ao setor magistral, além de personalidades, autoridades, lideranças da Anfarmag em suas Regionais e Sucursais, estudantes e profissionais do setor.

SOBRE PAULO QUEIROZ MARQUES

O título do prêmio homenageia o farmacêutico magistral com mais idade no Brasil, a exercer a profissão, Paulo Queiroz Marques, atualmente (em 2013) com 92 anos. Na edição 2012, ele também, como os outros, recebeu o troféu, tendo a logomarca da Anfarmg estilizada e o seu nome grafado.

Farmacêutico brasileiro, ele é um dos fundadores da Anfarmag (Associação Nacional de Farmacêuticos Magistrais). Também fundou o Museu da Farmácia, da Santa Casa de Misericórdia de São Paulo.

Nascido em Itaberá (SP) em 04/02/1921, ele é um incansável defensor da farmácia magistral, havendo devotado sua vida à preservação da memória da farmácia brasileira.

CRITÉRIOS PARA PREMIAÇÃO

Para receber o Prêmio Paulo Queiroz Marques é necessário atuar em prol do setor magistral. A diretoria da Anfarmag (Associação Nacional de Farmacêuticos Magistrais) analisa as iniciativas implementadas em toda a cadeia magistral e destaca as mais relevantes. Ganham destaque  aquelas com mais  implicações em benefício da sociedade.

A Entidade criou três categorias de premiação:

  •          Ações políticas e institucionais
  •         Estudos técnicos e/ou científicos
  •         Vida profissional dedicada ao setor.

Cada uma das personalidades, a serem honradas com a notável distinção, demonstra o tipo de engajamento das práticas que aprimoram a área magistral.

Levar ao aumento da qualidade dos serviços prestados, assim como a mais eficácia dos medicamentos e produtos manipulados são os principais motivos para o reconhecimento. Dessa forma, essas ações corroboram com o cenário, já existente, marcado pela personalização tanto do atendimento quanto da solução oferecida para tratar o cidadão.

Ações políticas e institucionais

Essa categoria reconhece as iniciativas cujos resultados refletem positivamente na sociedade. Está ligada a parlamentares, líderes de entidades de classe e demais autoridades que possuem a tarefa de opinar por deveres e defender os direitos da população ou de um ou mais segmentos produtivos do país.

Estudos técnicos e/ou científicos

A pesquisa gera avanços em sua área de atuação e o objetivo desse quesito é valorizar os esforços daqueles que se dedicam aos estudos do setor magistral. Descobertas, melhorias de processos e novas aplicações de insumos estão entre os benefícios obtidos por meio do trabalho intelectual.

Vida profissional dedicada ao setor

A premiação pelo conjunto da obra é o reconhecimento do que foi realizado por toda a vida. Sem alarde, nem anseio de serem os melhores, muitos profissionais se dedicam por anos ao setor magistral. São movidos pela paixão, pelo desejo de fazer a diferença. Essa categoria endossa o legado dessas pessoas, mostrando que vale a pena dedicar-se por um ideal.

PREMIADOS
 

Categoria: Ações políticas e institucionais
 

Senador Paulo Bauer (PSDB-SC)

É autor da Proposta de Emenda Constitucional (PEC 115), que trata da retirada dos impostos dos medicamentos de uso humano. Caso ela seja aprovada no Senado e na Câmara, a carga tributária desses produtos deve diminuir mais de 30%.
 

Senador Sérgio Souza (PMDB-PR)

É membro da comissão que discute em Brasília a Medida Provisória (MP 601) sobre a desoneração da folha de pagamento no varejo. O senador reconhece a importância de uma emenda nessa MP para inclusão do setor de medicamento manipulado que, ainda, não foi inserido nessa determinação.
 

Secretário da Saúde do Estado do Paraná Michele Caputo Neto

Durante o processo de criação da Bula Magistral no Paraná, Caputo atuou intensamente, entendendo as particularidades do medicamento manipulado. Para o avanço do setor, a aprovação da mesma lei deve passar pelo Congresso Nacional para vigência da lei em âmbito nacional.
 

Presidente do (CRF-PA) Conselho Regional de Farmácia do Estado do Pará Daniel Jackson Pinheiro Costa

Como importante integrante de conselho de farmácia, Daniel Costa manteve-se receptivo às ações que dizem respeito ao progresso do ramo de atividade magistral. Trabalha ativamente em prol da divulgação da importância desse segmento e o quanto é relevante para o bem da população.

Categoria: Estudos técnicos e/ou científicos

Professora doutora da Faculdade de Farmácia da Universidade de São Paulo Vladi Olga Consiglieri

Suas atividades no ambiente acadêmico traduz o engajamento que tem no setor farmacêutico. Além disso, seu trabalho como membro da Farmacopeia Brasileira tem ajudado na construção de um importante documento de referência, a ser analisado pelos órgãos competentes que regulam o segmento.

Categoria: Vida profissional dedicada ao setor

Farmacêutico magistral, docente e autor José Antonio de Oliveira Batistuzzo

Desenvolve uma série de atividades na área magistral. É professor universitário, assessor técnico e membro da Farmacopeia Brasileira. O farmacêutico é, ainda, autor de livros específicos e palestrante em assuntos que promovem a capacitação profissional do farmacêutico magistral.

MINICURRÍCULOS DOS INDICADOS

Daniel Jackson Pinheiro Costa

Farmacêutico-bioquímico formado pela UFPA (Universidade Federal do Pará) especializou-se em Saúde Pública, pela Universidade de Ribeirão Preto, no estado de São Paulo. Atual presidente do (CRF-PA) Conselho Regional de Farmácia do Estado do Pará, ele também acumula a atividade de professor da Faculdade de Farmácia do ICS (Instituto de Ciências da Saúde) da UFPA.

Como profissional, exerce a função de farmacêutico hospitalar da Santa Casa de Misericórdia do Pará, no setor de medicamentos excepcionais. Antes dessa experiência, trabalhou no Laboratório Central do Estado, no Centro de Atenção Psicossocial da Secretaria de Saúde do Pará, e em farmácia comunitária.

José Antônio de Oliveira Batistuzzo

Formado como farmacêutico bioquímico, pela Faculdade de Ciências Farmacêuticas da Universidade de São Paulo, José Antônio de Oliveira Batistuzzo seguiu na profissão especializando-se em manipulação magistral alopática. Desde, então, vem aplicando com afinco o seu ofício, inclusive, escrevendo livros sobre manipulação de medicamentos.

Hoje ele faz parte do comitê de produtos magistrais e oficiais da Farmacopeia Brasileira, além de professor e coordenador do curso de pós-graduação em Farmácia Magistral da Faculdade de Farmácia Oswaldo Cruz. Batistuzzo, também, atua como assessor técnico e científico de farmácias do setor.

Michele Caputo Neto

Secretário estadual da saúde no estado do Paraná, o farmacêutico Michele Caputo Neto é servidor público lotado na Secretaria de Estado da Saúde do Paraná desde 1985. No Paraná, ele já foi chefe de gabinete da Fundação Nacional da Saúde e da Vigilância Sanitária Estadual. Também, atuou como diretor do Centro de Medicamentos do Paraná e dos Órgãos Produtores de Insumos e Imunobiológicos da Secretaria de Estado da Saúde.

Durante a sua carreira no setor público, Caputo Neto foi nomeado duas vezes como secretário Municipal da Saúde de Curitiba. Na mesma cidade, ele foi secretário Municipal de Assuntos Metropolitanos.

Paulo Bauer

O senador catarinense Paulo Roberto Bauer nasceu em 20/03/1957, em Blumenau, e cresceu em Jaraguá do Sul. É formado em Ciências Contábeis e Administração, pela FURJ (Fundação Educacional da Região de Joinville), atual Univille, onde deu início à militância política, fazendo parte do Diretório Acadêmico.

Na cidade de Florianópolis, conseguiu se eleger deputado estadual em 1986. Mais tarde, em 1991, assumiu o primeiro de quatro mandatos como deputado federal. Foi vice-governador de Santa Catarina, entre 1999 e 2002, e secretário de Estado da Educação em dois governos diferentes. Sua mais recente conquista política ocorreu em outubro de 2010, quando foi eleito senador da República.

Sérgio Souza

Sérgio Souza é formado em Direito pela Universidade Tuiuti do Paraná, especializado em direito público, administrativo e eleitoral. Participa da comissão de Direito Eleitoral da Ordem dos Advogados do Brasil do Paraná, da Revista Brasileira de Direito Eleitoral e do Instituto Paranaense de Direito Eleitoral (Iprade).

Começou sua experiência política há mais de 15 anos ao se filiar ao PMDB. Em 2010, foi indicado como primeiro suplente na chapa da atual ministra da Casa Civil, Gleisi Hoffman. Tomou posse como senador da República em 14/06/2011. É vice-presidente da Comissão de Assuntos Econômicos, presidente da Subcomissão Permanente de acompanhamento da Copa do Mundo de 2014 e das Olimpíadas de 2016, além de titular do Conselho de Ética e Decoro Parlamentar.

Vladi Olga Consigileri

Graduada em Farmácia e Bioquímica pela USP (Universidade de São Paulo), Vladi Olga Consigileri concluiu tanto o mestrado quanto o doutorado em Fármacos e Medicamentos também pela USP. É professora doutora da mesma instituição de ensino, onde ministra aulas de graduação para os alunos do Curso de Farmácia e Bioquímica e no Programa de Pós-Graduação em Fármaco e Medicamentos do Departamento de Farmácia.

Suas pesquisas na área de farmácia têm ênfase em desenvolvimento farmacotécnico. Entre os temas abordados estão: matrizes, liberação prolongada, bioequivalência e nanotecnologia. Vladi também integra um grupo de acadêmicos da Farmacopeia Brasileira, colaborando de maneira intensa para o desenvolvimento científico do setor.

PRIMEIRA EDIÇÃO

O Prêmio Paulo Queiroz Marques nasceu em 2011. A cerimônia da Primeira Edição foi realizada, em 2012, em Brasília (DF), e reuniu por volta de 300 pessoas. Nessa época, a homenagem tornou-se conhecida entre políticos, dirigentes, profissionais e instituições de classe, que abarcam a área da saúde no Brasil.

De acordo com seu idealizador, o presidente Ademir Valério Silva, o Prêmio tem por objetivo promover e institucionalizar a farmácia, o farmacêutico e o produto magistral. Para ele, é essencial dar continuidade a essa ação que homenageia pessoas que defendem e promovem o setor.
 

INFORMAÇÕES SOBRE A PRIMEIRA EDIÇÃO DO PRÊMIO

O Prêmio Paulo Queiroz Marques é concedido e organizado pela Anfarmag. O troféu, que simboliza a homenagem, foi entregue para autoridades e profissionais da área magistral.  Na época, 2012, o então ministro da Saúde Alexandre Rocha Santos Padilha foi um dos homenageados no evento. Ele recebeu o prêmio na categoria ações políticas e institucionais, por sua atuação como ministro.

Além dele, foi agraciado o médico sanitarista e então deputado federal pelo PMDB de Minas Gerais, Saraiva Felipe, nos critérios vida profissional dedicada ao setor e ações políticas e institucionais.

Deputada federal pelo PC do B da Bahia na ocasião da solenidade, Alice Portugal recebeu as honras na categoria ações políticas e institucionais. Como parlamentares, ela e Saraiva Felipe defenderam interesses do setor magistral.

Vida profissional dedicada ao âmbito do setor foi a categoria pela qual se destacou o atual presidente do Conselho Federal de Farmácia, Walter da Silva Jorge João. O dirigente foi lembrado por colaborar, na entidade, com o avanço do setor magistral.

Na categoria pesquisa científica e/ou estudos técnicos, o reconhecimento ficou com o professor doutor da Universidade Federal de Minas Gerais, Gerson Pianetti, e também com o professor e autor de obras sobre o segmento magistral, Anderson de Oliveira Ferreira. Os dois acrescentaram, com seus estudos, solidez ao setor.

Fique por dentro
RECEBA INFORMAÇÕES ESTRATÉGICAS DO MERCADO MAGISTRAL

    Ao informar meus dados, eu concordo com a Política de Privacidade.