A densidade dos excipientes tem importância fundamental na determinação da quantidade de excipiente base a ser empregado nas formulações de cápsulas e pós, visto que existem variações expressivas de densidades dos diferentes pós.

A densidade do excipiente muda de lote para lote e, consequentemente, cada vez que há alteração do lote de um excipiente isso impacta diretamente na densidade do excipiente base que empregado. Por isso é necessário refazer o ensaio de densidade aparente quando novos lotes de excipiente são produzidos, principalmente dos componentes que participam com percentuais expressivos na composição.

A densidade aparente de um excipiente é fator determinante, portanto, para a escolha do tamanho da cápsula utilizada em uma preparação e se dá preferencialmente de acordo com a quantidade de cada princípio ativo.

Confira orientações sobre a densidade de excipientes na preparação de cápsulas.

Dúvidas? Converse com o Serviço de Atendimento ao Associado

• Telefone: 4003-9019
• E-mail: assessoriatecnica@anfarmag.org.br
• Área do Associado: www.anfarmag.org.br > Área do Associado > Cadastre sua dúvida
• Whatsapp: (11) 97554-0423

Fique por dentro
RECEBA INFORMAÇÕES ESTRATÉGICAS DO MERCADO MAGISTRAL

    Ao informar meus dados, eu concordo com a Política de Privacidade.