Desde a publicação da Portaria MJSP nº 240/2019, que estabeleceu procedimentos para controle e fiscalização de produtos químicos, a Anfarmag vem trabalhando no âmbito técnico e institucional com as diversas autoridades competentes.

Em decorrência desse trabalho, hoje, 10 de maio, foi protocolado um requerimento junto ao Ministério da Justiça e Segurança Pública.

O objetivo é firmar a interpretação e/ou adicionar adendo normativo para que a Portaria MJSP nº 240/2019 não incida sobre as farmácias associadas à Anfarmag, ou para que sejam estabelecidos critérios objetivos de quantidades abaixo das quais não haja a necessidade de licença ou autorização da Polícia Federal.

Até o início da vigência da norma, em 12 de junho – e mesmo após essa data caso necessário – a Anfarmag continuará empenhando todos os esforços e instrumentos jurídicos para garantir a segurança jurídica dos associados.

Manteremos nossos filiados informados acerca desse trabalho pela sustentabilidade das farmácias magistrais.

Fique por dentro
RECEBA INFORMAÇÕES ESTRATÉGICAS DO MERCADO MAGISTRAL

    Ao informar meus dados, eu concordo com a Política de Privacidade.