O Diário Oficial do Rio de Janeiro publicou, na última semana, o Projeto de Lei 3014/2014, de autoria do deputado Edson Albertassi, que visa alterar a Lei nº 5645 de 6 janeiro de 2010. O objetivo do PL é definir o dia 25 de setembro como Dia Estadual do Medicamento Manipulado. A proposta se alinha ao que adota a Federação Internacional de Farmácia, que reconhece a data como Dia Internacional do Farmacêutico, e tem por objetivo dar visibilidade ao medicamento individualizado e ao farmacêutico magistral, destacando seu papel para a saúde da população brasileira.

A presidente da Regional RJ, Aline Napp, tem trabalhado de forma intensa junto ao deputado Edson Albertassi e ao presidente da Associação de Comércio Farmacêutico do Rio de Janeiro, Luís Carlos Marins, em prol dessa causa. Ela explica a importância da criação da data: “É indispensável que as pessoas tenham conhecimento sobre o que é o medicamento manipulado e que entendam que o produto magistral é único, produzido em dose e quantidade estipuladas pelo médico de acordo com a doença do paciente”.

Fique por dentro
RECEBA INFORMAÇÕES ESTRATÉGICAS DO MERCADO MAGISTRAL

    Ao informar meus dados, eu concordo com a Política de Privacidade.