O zinco é um micronutriente essencial, pois atua no desempenho funcional em diversos processos biológicos do organismo, incluindo a síntese protéica e o metabolismo do DNA e RNA, carboidratos e lipídeos.

A deficiência de zinco no ser humano está relacionada à diminuição da imunidade celular e humoral. O zinco é essencial para o funcionamento adequado dos linfócitos e a mobilização dos neutrófilos. Em pessoas com deficiência desse elemento mineral, a suplementação oral torna-se necessária.

Quando diagnosticada a deficiência de zinco, pode-se usá-lo na forma de sulfato ou quelado com aminoácidos como a glicina, histidina e arginina, nas concentrações usuais descritas em literatura. É importante lembrar que a prescrição desse mineral deve ser feita por profissional habilitado.

Confira informações técnicas e farmacotécnicas sobre o zinco.

 

Dúvidas? Converse com o Serviço de Atendimento ao Associado

• Telefone: 4003-9019
• E-mail: assessoriatecnica@anfarmag.org.br
• Área do Associado: www.anfarmag.org.br > Área do Associado > Cadastre sua dúvida
• Whatsapp: (11) 97554-0423

Fique por dentro
RECEBA INFORMAÇÕES ESTRATÉGICAS DO MERCADO MAGISTRAL

    Ao informar meus dados, eu concordo com a Política de Privacidade.